Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Linhas de pesquisa do PPG em Letras Clássicas

Visando não só a promover linhas de pesquisa mais amplas, capazes de abrigar uma gama mais variada de projetos, mas também a propiciar maior colaboração entre os diferentes projetos desenvolvidos no Programa, julgou-se mais producente a redução do número de linhas e, por conseguinte, a expansão de seu conteúdo. Assim, a partir de 2012 passam a ser duas as linhas de pesquisa do programa, a saber: 1) Poesia e prosa greco-latina; 2) Discurso teórico greco-latino. De um lado, a primeira dessas duas novas linhas reagrupa tematicamente propostas dispersas, porém afins, por três das anteriores cinco linhas vigentes desde 1997, ou seja: 1) Narrativa greco-latina, 2) Teatro greco-latino, 3) Poesia lírica, satírica e didática; de outro lado, manteve-se a denominação de uma das restantes duas linhas anteriores, a qual reagrupa as propostas das linhas “Discurso teórico greco-latino” e “Estrutura da frase grega e latina”. Apresenta-se a seguir uma breve descrição das duas linhas atuais.

Discurso teórico greco-latino

Esta linha de pesquisa abriga: 1) projetos que estudam textos gregos e latinos em que se expõe teoria poética, retórica ou filosófica; 2) projetos que investigam aspectos retóricos, éticos, políticos e míticos de textos gregos e latinos vários; 3) projetos que enfocam aspectos gramaticais da prosa e poesia grega e latina; 4) projetos que investigam lições sobre língua grega e latina de gramáticos antigos e linguístas modernos.

Poesia e prosa greco-latina

Essa linha abriga projetos que investigam 1) a narrativa greco-latina, seja em verso (epopéia), seja em prosa (historiografia, romance), de modo a caracterizar a matéria, elocução, métodos e fins próprios de cada gênero narrativo (= epopéia, história, etc.); 2) a dramaturgia greco-latina, a fim de caracterizar as espécies da tragédia, comédia, drama satírico, bem como investigar as relações entre o teatro e a ética, política e filosofia; 3) a caracterização das várias espécies da chamada lírica greco-latina (odes, epigramas, epodos, etc.) e também da sátira e didática.