Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Letras Clássicas

 

 

O Programa de Pós-Graduação em Letras Clássicas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, criado em 1971, tem como objetivo principal preparar pesquisadores comprometidos com o desenvolvimento científico e acadêmico em Língua e Literatura Grega e Latina, em nível de Mestrado e Doutorado. Assim, o Programa visa a capacitar seus investigadores a interpretar a prosa e a poesia antigas, escritas em grego e em latim, e a produzir estudos do mais alto nível, em diálogo com as mais avançadas linhas de pesquisa internacionais. Além disso, também estudamos os caminhos e meios da recepção dos textos Clássicos desde a Antiguidade. Nosso Programa, assim, propicia a seus pesquisadores as competências para a Poética e a Retórica Antigas, para os métodos exegéticos da Filologia clássica e também para o conhecimento acerca das teorias literárias e linguísticas modernas e a Análise do Discurso.

A relevância desses objetivos deve-se, primeiramente, à dificuldade de acesso aos textos gregos e latinos, uma vez que se trata de línguas já não mais faladas, e cujas convenções são desconhecidas ou desusadas atualmente. Assim, sua interpretação exige a mediação de especialistas. Em segundo lugar, a importância de nosso Programa reside ainda no fato de que as investigações realizadas por nossos pesquisadores estabelecem relações históricas entre o antigo e o moderno e relações interdisciplinares entre poesia e educação, teatro e política, oratória e direito, entre outras possibilidades.

A fim de atingir esses objetivos, o Programa estabeleceu em suas regras um conjunto de parâmetros, com a finalidade de favorecer não apenas a manutenção do padrão de qualidade já atingido, mas também o contínuo aprimoramento de suas atividades.

Assim, no item referente aos critérios para admissão de estudantes, o que ocorre a cada semestre, nosso processo seletivo demanda três etapas: 1. um exame de proficiência em línguas modernas; 2. um exame de proficiência em grego ou latim; e 3. uma avaliação do projeto de pesquisa apresentado pelo candidato, na qual se julga sua inserção no Programa, bem como sua coerência, pertinência e bibliografia. Nesse momento, o currículo Lattes do candidato é apreciado também. Finalmente, os candidatos são inqueridos por uma comissão composta por membros do Programa, a fim de elucidar aspectos de seu projeto ou currículo.

Levando em consideração as particularidades envolvidas na aquisição das competências básicas para uma pesquisa no campo das línguas e literaturas clássicas, e tendo em vista o grau extra de dificuldade presente em traduções e estudos que devem contemplar também a distância e o contexto cultural (não apenas linguístico, mas também religioso, histórico etc), nosso Programa pressupõe e admite prazos que são, em geral, um pouco maiores que os usuais. Assim, nossas regras permitem 36 meses para o Mestrado; 48 meses para Doutorado; e 68 meses para Doutorado direto.

Quanto ao corpo docente, todos os nossos membros têm PhD e a maioria tem pós doutorado, obtido nos mais reconhecidos centros de excelência.

Nosso Programa visa ainda a consolidar seus Grupos de Pesquisa. Ele abriga nove grupos, todos certificados pelo CNPq:

  1. Estudos do Teatro Antigo

  2. Os diálogos de Platão

  3. Estudos sobre o jambo, a elegia e a poesia mélica na Antiguidade Clássica

  4. Imagens da Antiguidade Clássica

  5. Entre a gramática e a retórica grega e latina

  6. Gêneros de prosa greco-latina

  7. Gêneros poéticos na Grécia antiga: tradição e contexto

  8. Verve: verbum vertere - estudos de poética, tradução e história da tradução de textos latinos e gregos

  9. República das Letras: estudos da literatura renascentista em latim

O Programa também publica um periódico, Letras Clássicas, e organiza eventos regularmente, nos quais convidados nacionais e internacionais apresentam trabalhos lado a lado com nossos estudantes.

Temos, por exemplo:

O Simpósio de Estudos Clássicos;

O Seminário de Estudos Clássicos;

A Semana de Estudos sobre o Período Helenístico;

O Colóquio Visões da Antiguidade;

E muitos outros, organizados por nossos Grupos de Pesquisa, como, por exemplo, o Encontro “Autores do Renascimento”.

O Programa de Pós Graduação em Letras Clássicas continua a concentrar seus esforços em aprimorar, em todos os sentidos possíveis, e manter seus altos padrões de excelência em uma área em que somos referência.

Linhas de Pesquisa – Mestrado e Doutorado

  1. Poesia e Prosa Greco-latinas

  2. O Discurso Teórico Grecolatino

 

A Linha de Pesquisa Poesia e Prosa Gregas e Latinas abriga projetos que investigam: 1. a narrativa antiga, tanto em verso (épica) quanto em prosa (historiografia); o drama antigo (comédia, tragédia e sátira) e a relação entre teatro e ética, política e filosofia; 3. a lírica antiga (odes, epigramas, epodos etc), a sátira e a poesia didática.

A Linha de Pesquisa Discurso Teórico Greco-Latino constitui-se de projetos que investigam: 1. Retórica e Dialética; 2. As diversas práticas e teorizações sobre o discurso, tais como a gramática, artes e técnicas, oratória etc; 3. A presença daquilo a que chamamos mitologia em obras literárias e filosóficas; 4. As línguas antigas como idiomas instrumentais e veiculares; 5. O ensino das línguas antigas (grego e latim); 6. A recepção dos clássicos por autores cristãos e no Renascimento.

Mestrado

Ingresso no primeiro ou no segundo semestre de cada ano acadêmico, de acordo com o calendário de atividades da Universidade.

Duração máxima: 36 meses

Dissertação de Mestrado

Reconhece-se como Dissertação de Mestrado uma pesquisa escrita, teórica e crítica sobre um tópico relevante para a área de Estudos Clássicos, geralmente acompanhada de uma tradução para o português de um texto antigo. Deve ainda incluir uma vasta bibliografia sobre o tema de estudo e apresentar uma base teórica elaborada e relevante e um argumento claramente desenvolvido , que reflita a habilidade do estudante no domínio do método científico e das normas ABTN.

Doutorado

Ingresso no primeiro ou no segundo semestre de cada ano acadêmico, de acordo com o calendário acadêmico da Universidade.

Duração máxima: 48 meses

Tese

Reconhece-se como Tese de Doutorado uma pesquisa escrita teórica e crítica sobre um tema relevante para a área de Estudos Clássicos, dando-lhe uma contribuição significativa. Deve ainda incluir uma bibliografia vasta e atualizada acerca do tópico de estudo e apresentar uma base teórica elaborada e relevante e um argumento claramente desenvolvido, que seja ainda original, e reflita o domínio do estudante do método científico. Deve ainda seguir as normas ABNT.