Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

"Poesis tacens, pictura loquens: homologias discursivas entre o verbal e o não-verbal na Roma tardo-republicana e imperial".

Docente(s) responsável(is): 
Paulo Martins
Ementa: 

O curso visa considerar transhistoriacamente as práticas imagéticas verbais e não-verbais, portanto representações, na Roma séculos I a.C. ao IV d.C., observando as homologias discursivas – quando existentes e se existentes – pautadas em preceptivas poéticas, retóricas e gramáticas antigas, que a partir de recursos técnicos da invenção, da disposição e da elocução, oferecem chave da construção dessas repraesentationes. Registre-se também que tais procedimentos poético-retórico-gramaticais podem ser observáveis em viés inverso, isto é, a partir do próprio resultado da representação e da própria recepção apta das obras verbais e/ou imagéticas. Resgatar-se-á, assim, certa forma mentis romana a partir da consideração de certo vocabulário imagético circulante, que, como consuetudo ou ius, é aplicado às obras por seus observadores, delimitando suas características específicas. Daí, explorar-se-á, outrossim, o efeito produzido por essas representações, isto é, a recuperação de afecções da recepção, destacando, pois, as próprias finalidades dessas linguagens dentro do âmbito público e privado, constituídos no período.

Créditos: 08

Duracão: 12 semanas

Credenciamento: 
19/04/2010 - 19/04/2015
Linha de pesquisa: