Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

"'Academica': estudo e tradução".

Linha de Pesquisa: 
Poesia e prosa greco-latina
Situação: 
Concluído

O trabalho se constitui de tradução completa e notas das Acadêmicas de Cícero; partes já completadas: uma introdução sobre a produção filosófica de Cícero, a tradução e notas das Academica posteriora; parte em execução: tradução e notas das Academicas priora. As Acadêmicas tratam basicamente do problema do conhecimento, de como a mente adquire conhecimento, de como o homem pode dar ou não seu assentimento, sua concordância, ao que lhe aparece. Cícero apresenta os conflitos que dividiam as duas Academias: a anterior, que lhe foi dirigida por Espeusipo e depois por Xenócrates, discípulos de Platão; a chamada Nova Academia, que começou com Arcésilas, seguido mais tarde por Carnéades.

Observações: 

Início: 2009
Concluído: 2012

"A História pragmática de Políbio".

Linha de Pesquisa: 
Poesia e prosa greco-latina
Situação: 
Concluído

Estudos críticos centrados nas Histórias de Políbio de Megalópolis (200? - 118? a.C.).

Observações: 

Início: 2007; conclusão: 2013.

"A mélica arcaica e tardo-arcaica: temas, formas e linguagem".

Linha de Pesquisa: 
Poesia e prosa greco-latina
Situação: 
Concluído
Docente(s): 
Giuliana Ragusa

O projeto de pesquisa centra-se no estudo da poesia mélica grega, composta entre fins do século VII a meados do V a.C., em várias localidades e a partir de diversas tradições culturais, representada fundamentalmente pelo cânone dos “nove líricos”: Álcman, Safo, Alceu, Estesícoro, Íbico e Anacreonte, na fase arcaica; Simônides, Baquílides e Píndaro, na tardo-arcaica. A preocupação fundamental desse estudo é de analisar, na obra remanescente desses poetas, temas proeminentes e recorrentes, formas que se repetem na construção estilística dos versos e o trabalho com a linguagem em seus variados tons, registros e figurações. A abordagem dessa obra privilegia sempre o texto grego, combinando as tarefas de análise interpretativa e tradução, e considerando suas fontes de transmissão, suas principais edições e a relação que pode estabelecer com elementos extratextuais, sobretudo com dados da história, arqueologia e religião gregas.

Observações: 

Início: 2009

Conclusão: 2012

"A recepção dos clássicos nos autores cristãos".

Linha de Pesquisa: 
Discurso teórico greco-latino
Situação: 
Concluído

Este Projeto de Pesquisa tem como meta compilar, traduzir, comentar e analisar textos escritos em latim, que, herdeiros da tradição retórica clássica, foram, no entanto, produzidos em contextos que os obrigaram a adaptar-se a funções novas, não previstas na Antiguidade em que seus autores se inspiravam. Por exemplo, estudamos o uso que autores cristãos fazem dos genera oratórios clássicos, agora a serviço das polêmicas religiosas. Neste projeto contemplamos não apenas os discursos que aplicam a retórica antiga a novas realidades (Patrística, debates dogmáticos etc.) como também textos que discutem e teorizam essa nova prática (como os trabalhos de Erasmo que discutem conceitos como imitatio, apte dicere, decorum etc.), o que nos permite incluir este Projeto naquilo a que hoje se dá o nome de Recepção dos Clássicos.

Observações: 

Início: 2009

Conclusão: 2014

"A teia do saber: relações entre discurso histórico, filosófico e retórico".

Linha de Pesquisa: 
Discurso teórico greco-latino
Situação: 
Concluído

O projeto visa à investigação das relações entre os discursos histórico e filosófico e a retórica na Grécia antiga.

Observações: 

Concluído em maio/2012.

"Elegia, epigrama e jambo na Grécia antiga".

Linha de Pesquisa: 
Poesia e prosa greco-latina
Situação: 
Concluído
Docente(s): 
Paula da Cunha Corrêa

Objetivos: investigar a especificidade do jambo, do epigrama e da elegia enquanto gêneros poéticos na Grécia antiga; desenvolver comentários filológicos aos textos e estudos temáticos relativos ao corpus.

Observações: 

Início: 2007

"Estudos Ciceronianos: retórica e oratória".

Linha de Pesquisa: 
Discurso teórico greco-latino
Situação: 
Concluído
Docente(s): 
Adriano Scatolin

Este projeto tem por objetivo estudar e traduzir as obras retóricas e oratórias de Marco Túlio Cícero. Dentro da pesquisa, busca-se a leitura, análise e interpretação dos textos segundo os preceitos que davam forma a sua escrita e recepção, ou seja, propõe-se uma leitura retórica da obra retórica e oratória de Cícero. Dentro da tradução, propõem-se equivalentes elocutivos do original na variante brasileira do português.

Observações: 

Início: 2010

Conclusão: 2015

"Gêneros poéticos e discursivos na tragédia ática".

Linha de Pesquisa: 
Poesia e prosa greco-latina
Situação: 
Concluído
Docente(s): 
Christian Werner

Trata-se de percorrer os modos como a tragédia ática articula gêneros poéticos e discursivos, em particular, através da narrativa de histórias tradicionais ("mitos").

Observações: 

Início: 2011

Conclusão: 2013

"Imagens na Antiguidade Clássica".

Linha de Pesquisa: 
Discurso teórico greco-latino
Situação: 
Concluído
Docente(s): 
Paulo Martins

Objetivos: 1) O mapeamento terminológico-conceitual das práticas artísticas plásticas e pictóricas da Antiguidade Clássica Greco-Romana, observando suas especificidades, diferenças e semelhanças, sob uma perspectiva diacrônica de suas aplicações e usos lingüísticos; 2) O levantamento e a análise de textos gregos e latinos que se referenciam a partir das homologias entre as artes visuais e as artes letradas; 3) A compilação e interpretação de mecanismos cognitivos, aplicados às artes visuais e textuais que se sustentem a partir da visualização perceptiva física ou anímica; 4) A leitura e a tradução de textos e tratados que pautem as práticas fisiognômicas na Antiguidade grega e romana; 5) A descritividade e a narratividade ecfrástica em chave genérica diversa; 6) Reflexão e análise da figuração discursiva histórica e poética.

Observações: 

início: 2007

"Poesia lírica arcaica: Píndaro".

Linha de Pesquisa: 
Poesia e prosa greco-latina
Situação: 
Concluído
Docente(s): 
Christian Werner

Análise e tradução de uma seleção da poesia pindárica conservada. A análise é histórico-filológica e seu núcleo são as condições de produção e recepção dos poemas no contexto da tradição poética grega arcaica, em especial, a circunscrição do gênero das composições.

Observações: 

início: 2009

conclusão: 2013

"Temas, formas e linguagens na poesia grega arcaica e clássica"

Linha de Pesquisa: 
Poesia e prosa greco-latina
Situação: 
Concluído
Docente(s): 
Giuliana Ragusa

O projeto visa ao estudo de elementos composicionais da poesia grega arcaica e clássica, notadamente na mélica, concentrando-se em três deles: os temas abordados pelos poetas, as formas empregadas nas práticas retóricas ou discursivas, a linguagem e sua elaboração nos vários (sub)gêneros compreendidos no corpus. E concentra-se ainda na tradução com notas e apresentações/introduções. O objetivo do projeto é estreitar as articulações entre as pesquisas desenvolvidas por mim e por orientandos. O primeiro ciclo do projeto deverá ser concluído em 2016.

Início: 2013

Conclusão: 2016

"Tradições poéticas e discursivas em Homero e Hesíodo".

Linha de Pesquisa: 
Poesia e prosa greco-latina
Situação: 
Concluído
Docente(s): 
Christian Werner

Na cultura músico-literária grega, gêneros poéticos não são categorias estanques, mas tipos de discurso, condicionados por dicção e ocasiões de performance específicos, que se definem mutuamente. Esta pesquisa examina as condições de produção e recepção do “epos” homérico e do hesiódico.

Observações: 

Início: 2011.

“Mortos e vivos na tragédia latina: relações interfaciais”.

Linha de Pesquisa: 
Poesia e prosa greco-latina
Situação: 
Concluído

As referências à presença de mortos que se relacionam com os vivos é bastante frequente na literatura greco-latina. Na Grécia, encontramo-las nas epopeias homéricas, em Hesíodo, em tragédias de Ésquilo e Eurípides, na comédia de Aristófanes; em Roma, em Virgílio, Horácio, Tibulo, Propércio, Ovídio, Sêneca. Nas tragédias senequianas há referências a epifanias de mortos (As troianas e Édipo), há fantasmas que se fazem presentes em prólogos (Tiestes e Agamêmnon), relatos a viagens feitas ao mundo das sombras e pormenorizadas descrições do inferno (A loucura de Hércules). O tratamento do tema da morte nas tragédias, a verificação de influências intertextuais, a definição das relações existentes entre sombras de mortos e pessoas vivas, a presença de elementos doutrinários no enfoque das ocorrências, tudo isso, em conjunto, será objeto de pesquisa que pretendemos realizar e que consistirá em uma análise minuciosa de caráter antropológico, filosófico, literário e dramatúrgico, alicerçada em fundamentação teórica constante de textos de renomados autores que se voltaram para essa questão.

Observações: 

Projeto cadastrado no CNPq, implementado de mar/2009 a fev/2012.

“Tragédias de Sêneca: 'Agamêmnon', 'Troianas' e 'Tiestes' - estudo e tradução" (1ª fase).

Linha de Pesquisa: 
Poesia e prosa greco-latina
Situação: 
Concluído

Com vistas à tradução integral do corpus de tragédias atribuídas a Sêneca, este projeto contemplou, na primeria fase, a peça Agamêmnon, já publicada (São Paulo: Globo, 2009), devendo proseguir, na segunda fase, com o estudo e tradução das peças Troianas e Tiestes. O estudo trata de aspectos teóricos envolvidos na composição dramática grega e latina, referentes à forma e ao conteúdo, visando a explicitar elementos da poética subjacente ao texto. A tradução é realizada em versos metrificados e nela se busca, como critério geral, obter analogia com expedientes de elocução do texto original, relativos ao gênero estilístico próprio da tragédia antiga e a particularidades do estilo poético de Sêneca. 

Observações: 

Primeira fase de execução (2007-2009): concluída.