Gêneros poéticos na Grécia antiga: tradição e contexto

Formação
2010
Objetivos

O grupo tem como objetivo principal investigar as condições de produção e disseminação da poesia poesia grega arcaica e clássica, ou seja, seu contexto de performance e reperformance. Como segundo objetivo afim, discute-se até que ponto faz sentido se manter alguma noção de gênero na descrição dessas condições. Embora o objeto de pesquisa principal da maioria dos membros pesquisadores do grupo seja a poesia hexamétrica, desde o início procurou-se discuti-la no contexto maior, sincrônico e diacrônico, da cultura musical grega, de sua teorização em sentido cada vez mais técnico a partir do século V aC e de sua recepção antiga e moderna.

Atividades

Em dezembro de 2012, o líder Christian Werner recebeu um auxílio à pesquisa do CNPq para financiar as atividades do grupo no biênio 2013-14. O financiamento permitiu a compra de material bibliográfico e a publicação de dois livros, que derivaram de dois colóquios, para os quais recebeu-se financiamento da FAPESP e da CAPES. Os dois livros derivados são: WERNER, C.; SEBASTIANI, B.; DOURADO-LOPES, A. (eds.) Gêneros poéticos na Grécia Antiga: fronteiras e confluências. São Paulo: Humanitas/CNPq, 2014; e WERNER, C.; DOURADO-LOPES, A.; WERNER, E. (eds.) Tecendo narrativas: unidade e episódio na literatura grega antiga. São Paulo: Humanitas/CNPq, 2015. O grupo também apoiou o “1º Colóquio Internacional Homero e Hesíodo”, realizado em Belo Horizonte (UFMG, outubro de 2015). Em setembro de 2018, ocorreu o 3º colóquio organizado pelo grupo. O tema foi a Ilíada de Homero e sua recepção na Antiguidade e modernidade.

 

Publicações

WERNER, C.; SEBASTIANI, B.; DOURADO-LOPES, A. (eds.) Gêneros poéticos na Grécia Antiga: fronteiras e confluências. São Paulo: Humanitas/CNPq, 2014.

WERNER, C.; DOURADO-LOPES, A.; WERNER, E. (eds.) Tecendo narrativas: unidade e episódio na literatura grega antiga. São Paulo: Humanitas/CNPq, 2015.

WERNER, C.; SEBASTIANI, B. B.; SANO, L. (orgs.) Dossiê Recepção antiga e moderna da Ilíada. Classica v. 32, n. 1, 2019.